SALgadeira


Sticth-A-Long (SAL) é um desafio para bordadeiras, consiste em bordar uma peça ao longo dum tempo pré-definido. Este grupo nasceu duma experiência de SAL, em 2009 e a amizade que se formou entre os membros, deu continuidade ao grupo.
Em cada ano, o esquema dum novo desafio original e idealizado com a contribuição das participantes é fornecido periodicamente para todas o bordarem. Além deste desafio anual e obrigatório, o grupo faz outros desafios ao sabor das vontades, e sempre com gráficos desenhados à medida.
Não é permitida a troca de gráficos sem a permissão dos seus autores. A inscrição no grupo é feita por convite de um participante.
Este blog pretende mostrar a evolução dos desafios do grupo SALgadeira, bem como os diversos trabalhos realizados pelos seus membros.
Os gráficos dos desafios SAL aqui expostos, são exclusivos e não serão fornecidos a pessoas externas ao grupo.


2014-06-26

Um ano salgado!

Bom dia meninas... espero que estejam todas bem pelo menos dentro dos possíveis.

Ontem fez um ano que entrei para este grupo e exactamente como me disseram nos primeiros dias "primeiro estranha-se, depois entranha-se". Foi mesmo assim, inicialmente fui estranho partilhar ideias e sentimentos com quem não conhecia, mas com o tempo fui conhecendo. É lógico que nos identificamos mais com uns do que com outros, mas em geral estou a adorar fazer parte deste grupo.

Algumas meninas já conheço pessoalmente, outras ainda não, mas gostava de vir a conhecer no encontro que vamos fazer na Figueira da Foz! [...] espero que esteja presente o maior numero de salgadinhas e assim que nos possamos conhecer. 

[...] sempre que posso venho dar uma espreitadela e adoro ver os vosso trabalhos que muitas vezes servem de inspiração para novos projectos.

Um dos grandes objectivos de entrar para o grupo foi fazer o SAL de 2010, que tive logo oportunidade de o fazer neste primeiro semestre e deixo aqui a sua evolução... esteve umas semaninhas parado mas agora está de volta às minhas mãos e só sairá quando estiver concluído


Espero que fiquem todas bem e que depois deste ano venham muitos mais....

Se não for antes fica um até à Figueira. 

Beijinhos
Elisabete